quarta-feira, 29 de julho de 2009

...

"Uma criança muito suja atira pedras a um cão. O cão não foge. Esquiva-se e vem até junto da criança para lhe lamber o rosto.
.
Há, depois, um abraço apertado, de compreensão e de amizade. E lado a lado, com a mãozinha muito suja no pescoço felpudo, lá vão, pela rua estreita, em direcção ao sol. "
.
(António Salvado)
.

4 comentários:

curse of millhaven disse...

...gosto tanto de canitos.... :x

comboio turbulento disse...

ai que tu estás tão ternurenta para s crianças e os cãezinhos, coitadinhos!:)

Anónimo disse...

Gostei da imagem.

Anónimo disse...

Das duas da poética e da outra.